Villa Lobos in Jazz em SP de 12 a 14 de maio

Veja mais no Agito SP, acesse www.agitosp.com.br

Formado por músicos renomados como Otávio Garcia (bateria), Fernando Corona (piano), Felipe Poli (violão) e Paulo Putini
(baixo), o Villa Lobos in Jazz executa com uma abordagem original jazzística a obra de Villa Lobos como compositor, e também faz um resgate através da memória afetiva e auditiva da platéia, de cantigas que ouvíamos na infância, fruto do trabalho de sua pesquisa. Além da obra de Villa Lobos, o grupo executa também compositores consagrados, clássicos e brasileiros de maneira a demonstrar sua influência e tradição a partir da obra de compositores como Bach, Debussy, Radamés Gnatalli, Ary Barroso, Tom Jobim, Camargo Guarnieri, Gismonti etc.

Seus shows mostram o mesmo repertório do DVD Villa Lobos in Jazz, gravado no Centro Cultural da Justiça Federal, no Rio de Janeiro, e lançado agora que inclui Sapo Cururu, Samba-Lelê, Se essa Rua Fosse Minha, músicas de domínio público com arranjos de Villa, além de obras suas como Trenzinho Caipira e Bachian no 5. Amparo e Gabriela (ambas de Tom Jobim) e Aria p 4a corda (Bach) são as únicas músicas que fogem do repertório de Villa Lobos. Todas em ritmo de jazz.
O Villa Lobos in Jazz tem atuado pelo Brasil através shows e eventos como a série música no museu, festivais de jazz e contado com importantes apoios, numa carreira pautada também pela intenção de aproximação do público brasileiro com o compositor e a formação de novas platéias entre as novas gerações. Recentemente voltou de uma turnê de sucesso, dentro da série nordeste do projeto Música no Museu.

Villa-Lobos foi o músico compositor que introduziu o Canto Orfeônico (coral) como disciplina nas escolas de ensino médio de todo o país como Superintendente de Educação Musical e Artística, no governo, do então presidente, Getúlio Vargas.
Assim, foi professor catedrádico de Canto Orfeônico do Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro. Célebre por unir música com sons naturais.

Sua obra é composta por prelúdios, estudos para piano, quartetos de cordas, suítes, choros, fantasias, valsas, bachianas, diversas obras de câmara em temas lúdicos: trenzinhos, sapos, tororó, “cravo que brigou com a rosa” e tantas outras sonoridades e imagens que nos remetem à singularidade do imaginário brasileiro, justamente porque Villa-Lobos procurava agregar às suas obras aspectos da música realizada no Brasil e elementos sonoros que identificassem a ambiência do país tropical. Assim, Villa-Lobos se utilizava dos sons da mata, de eventos indígenas, africanos, além de cantigas, choros, sambas e outros gêneros musicais muito recorrentes no país.

O ensino de música nas escolas de todo o país voltará a ser obrigatório a partir de 2011. Este foi um desejo quase lendário da classe musical, posto em prática por Villa-Lobos nos anos de 1940 e 1950 e depois apagado do currículo.

Estarão em São Paulo nos dias 12, 13 e 14 de maio.

Dia 12 (quinta-feira) no Restaurateur Antiquário, Jazz e Gastronomia, que fica na R. Cardeal Arcoverde, 1479 – Pinheiros (3032-4272 e 99007110). Apresentação às 21h e couvert a R$20.

Dia 13 (sexta-feira) estará no Teta Jazz Bar, que fica na Rua Cardeal Arcoverde, 1265, Pinheiros (3031-1641). A apresentação será às 22h30. Tão logo seja confirmado o valor do couvert, informarei.

Dia 14 (sábado) a apresentação será no A Tal da Pizza, que fica na Rua Meandro, 430 (4702-2783 / 4612-0198) – Granja Viana – Cotia. O couvert é de R$ 10,00 e o show será às 21h30

About these ads


Categorias:Shows

O que você achou desta matéria? Opine!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.758 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: