Fim de Semana em Família do Itaú Cultural tem narração de histórias com mitos e lendas da cultura afri cana e afro-brasileira e oficina de bonecas de pano para crianças

A apresentação do espetáculo Do Saara às Savanas: as histórias que a África conta e o Brasil reconta e uma oficina de criação de bonecas de pano com a atriz e produtora Anna Paula Cesário introduz crianças e adultos neste universo; em paralelo ao Fim de Semana em Família, também tem programação infantil em volta das exposições em cartaz no instituto

e o tradicional Cantinho da Leitura e a Feirinha de Troca

Nos dias 8 e 9 de abril, a programação especial que o Itaú Cultural prepara todos os finais de semana para as crianças irem passear no instituto com seus acompanhantes adultos, faz uma viagem pelas origens culturais afro-brasileiras. Nos dois dias, a atriz e produtora Anna Paula Cesário ministra uma oficina para ensinar a criar Abayomis, bonecos e bonecas de origem africana feitos de retalhos, a partir de amarrações e não de costura. Em seguida, se reúne à sua trupe, Núcleo Esporos de Experiências Artísticas, e apresenta o espetáculo Do Saara às Savanas: as histórias que a África conta e o Brasil reconta. Ambas têm intepretação em Libras.

Como em todos os finais de semana, O Cantinho da Leitura e a Feirinha de Troca ficam à disposição do público no piso térreo, a partir das 11h30. Ainda, nos dois dias acontecem atividades relacionadas à Ocupação Laura Cardoso, em cartaz até 30 de abril. Criando Sons: Oficina de Sonoplastia é a atração do sábado e Brincar de Interpretar é a do domingo, sempre às 15h. Em sinergia com outra exposição, Narrativas em Processo: Livros de Artista na Coleção Brasiliana Itaú Cultural, que pode ser vista no instituto até 7 de maio, tem a atividade Dobra, Corta e Cola – Livro Objeto,no sábado, a partir das 17h.

O Fim de Semana em Família

Palavra da língua iorubá – uma das maiores etnias do continente africano – Abayomi significa “encontro precioso”. Para este povo, as bonecas e bonecos batizadas com este nome são símbolos de resistência, pois eram dadas pelas mães como amuletos para as crianças que embarcavam em navios negreiros. Assim, acreditavam, a lembrança e a proteção maternas estariam sempre com elas.

Tanto no sábado quanto no domingo, às 14h, Anna Paula ensina a fazer esses amuletos de origem africana com retalhos cortados, dobrados e amarrados, sem utilizar linha e agulha. Enquanto isso, narra histórias relacionadas a este universo para os pequenos.

A partir das 16h, nos dois dias, é apresentado o espetáculo Do Saara às Savanas: as histórias que a África conta e o Brasil reconta, com o Núcleo Esporos de Experiências Artísticas, formado pela própria Anna Paula, ao lado de Priscila Kibeltz e da percussão de Raffaele Sinkovitz. A peça traz narração de histórias, com diversos mitos e lendas presentes na cultura africana e afro-brasileira. O grupo conta, por exemplo, o mito de Iemanjá, a rainha do mar e mãe de todos os Orixás, que ajudou Olodumaré a criar o mundo. Narram, também, a história do grande curador Omolu, e como Ogum, o Deus do Ferro, criou a agricultura com a ajuda de Ocô, entre outras histórias.

Sinergia com as exposições

À parte do Fim de Semana em Família, o Núcleo Educativo do Itaú Cultural programou três oficinas que acontecem todos os sábados e domingos até o encerramento da Ocupação Laura Cardoso em 30 de abril, sempre às 15h, e, às 17h, da exposição Narrativas em Processo: Livros de Artista na Coleção Brasiliana Itaú Cultural, aberta até 13 de maio.

Aos sábados, a primeira oficina é Criando Sons, e é relacionada a atriz Laura Cardoso. Nela, as crianças e os adultos exercitam a sua criatividade utilizando objetos simples do cotidiano para sonorizar trechos de roteiros expostos na Ocupação que homenageia a atriz como se estivessem na rádio. A oficina Brincar de Interpretar acontece aos domingos, às 15h, e estimula os visitantes a interpretar um personagem de um texto sugerido. O objetivo é promover uma vivência onde o público é convidado pelos educadores a usar o corpo e a voz para encenar e se colocar no lugar de personagens.

No sábado, também, tem a atividade Dobra, Corta e Cola – Livro Objeto, em diálogo com Narrativas em Processo: Livros de Artista na Coleção Brasiliana Itaú Cultural, 17h. Nela, os participantes são convidados a construir livros a partir de processos simples, como as dobraduras. A criação se baseia no livro-objeto de Julio Plaza, Muda Luz (1970), presente na mostra.

Cantinho da Leitura e Feirinha de Troca

Como já é tradição no Fim de Semana em Família, a partir das 11h30 o público tem a opção de começar a se divertir com o Cantinho da Leitura e Feirinha de Troca. No Cantinho estão disponíveis 30 publicações do acervo infantojuvenil da biblioteca do Itaú Cultural. Esse espaço é montado para se ler e conhecer histórias. Uma oportunidade para novos aprendizados e descobertas.

Na Feirinha de Troca, os pequenos podem trocar uma obra infantojuvenil – como livro, gibi e DVD – por outra, escolhida entre os materiais disponibilizados pelo instituto. No espaço, monitores e voluntários do Programa Itaú Criança, da Fundação Itaú Social, estão à postos para ajudar no que for preciso.

SERVIÇO:

Fim de Semana em Família

Dias 8 e 9 de abril (sábado e domingo), a partir das 14h

Oficina de Abayomis

Duração: 90 minutos

Classificação indicativa: Livre

Local: Sala Multiuso

Entrada gratuita (20 lugares)

Interpretação em Libras

Às 16h

Do Saara às Savanas: as histórias que a África conta e o Brasil reconta
Duração: 50 minutos

Classificação indicativa: Livre

Local: Sala Multiuso

80 lugares

Entrada gratuita

Distribuição de ingressos:

Público preferencial: duas horas antes do evento, com direito a um acompanhante

Público não preferencial: uma hora antes do evento, um ingresso por pessoa

Interpretação em Libras

]]]]]]]]]]

Programação da Ocupação Laura Cardoso

Dia 8 de abril (sábado), às 15h

Criando Sons: Oficina de Sonoplastia

Duração: 60 minutos

Classificação indicativa: Livre (Melhor aproveitada para crianças a partir de 10 anos)

Local: piso -1

Entrada gratuita (20 vagas)

Inscrições a partir das 14h30

Interpretação em Libras

Dia 9 de abril (domingo), às 15h

Brincar de Interpretar

Duração: 60 minutos

Classificação indicativa: Livre (melhor aproveitada a partir de 10 anos)

Local: piso -1

Entrada gratuita (20 vagas)

Inscrições a partir das 14h30

Interpretação em Libras

Programação de Narrativas em Processo: Livros de Artista na Coleção Brasiliana Itaú Cultural

Dia 8 de abril (sábado), às 17h

Dobra, Corta e Cola – Livro Objeto

Duração: 60 minutos

Classificação indicativa: Livre (Melhor aproveitada para crianças a partir de 10 anos)

Local: piso -1

Entrada gratuita (20 vagas)

Inscrições a partir das 16h30

Interpretação em Libras

Cantinho da Leitura e Feirinha de Troca

Dias 8 e 9 de abril (sábados e domingos)

Das 11h30 às 16h30

Piso térreo

Itaú Cultural

Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô

Fones: 11. 2168-1776/1777

Acesso para pessoas com deficiência física

Ar condicionado

Estacionamento:Entrada pela Rua Leôncio de Carvalho.

Se o visitante carimbar o tíquete na recepção do Itaú Cultural:

3 horas: R$ 7; 4 horas: R$ 9; 5 a 12 horas: R$ 12

Com manobrista e seguro, gratuito para bicicletas.

www.itaucultural.org.br

www.twitter.com/itaucultural

www.facebook.com/itaucultural

www.youtube.com/itaucultural

www.flickr.com/itaucultural

Anúncios


Categorias:Cidade

O que você achou desta matéria? Opine!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: